Porra meu, se não quer trabalhar, que não atrapalhe

Olha essa: há uma clínica (que não vou declinar o nome) que está oferecendo vacina da gripe da porca em quantidade para empresas aqui de BC. Vacinando em grande quantidade o preço reduz até a metade do preço. E assim teria sido feito com algumas empresa como o BC Shopping até chegar no Avantis. Daí, a versão de um aluno amigo meu: na faculdade cerca de 600 pessoas seriam vacinadas até que, tchan tchan tchan, eis que surge a viligância sanitária mandando parar tudo. Teriam ligado para o secretário de saúde. Falaram do ocorrido e ele não teria retornado. Ligaram novamente e o próprio teria dito que é preciso alvará, que eles estão fazendo comércio, blá blá blá… Enfim, apelaram para a prefeita Luzia que colocou o CAIC a disposição. A Avantis providenciou transporte e a vacinação finalmente foi realizada. Este tipo de coisa é inadmissível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *