Arquivo da tag: Corrupção

O mensalinho dos coleguinhas

Recebi no Whatsapp uma série de fotos do processo que rola em Itajaí envolvendo aquele vereador que dizia bandido bom é bandido morto. Há uma conversa dele com um radialista transcrita e mais outros documentos que até agora não vi oficialmente em nenhum meio de comunicação. É constrangedor ler aquilo. Uma vergonha a relação do poder público com a imprensa. São os chamados “cala boca”. Não declino nomes porque estou vendo tudo no whats, oficialmente está tudo como d’ antes no quartel de Abrantes.

Desde que foi instituída a figura da agência de publicidade para centralizar os gastos de governo na mídia tudo ficou mais fácil. O coleguinha joga uma nota lá, não presta serviço nenhum e só aluga a boca. Isto não acontece só com jornalistas no varejo. No atacado o acerto é com o veículo de comunicação seja jornal, rádio ou TV. Conta a lenda que a prefa daqui estaria investindo uma boa grana por mês na RIC Record para pautar o jornalismo daquela emissora de TV com temas de seu interesse. O acerto teria sido feito ao vivo, nada de celular (este sim o maior dedo duro dos corruptos), entre a direção e duas figuras, uma delas com vínculo com a prefa e a outra que gosta de agir nas sombras.

Essa relação espúria poderia ser esclarecida se as planilhas das agência de publicidade fossem tornadas públicas.

Algemados, sem poder conversar e banho frio

Acompanhei a movimentação dos chamados mensaleiros se entregando. José Genoíno e Zé Dirceu vibraram para meia dúzia de gatos pingados, aposto, de pessoas devidamente empregadas no aparelho estatal. Aí comentei com um amigo que queria ser uma mosca para acompanhar o voo de corrupção. Todos juntos, os “presos políticos” e os executivos operacionais do esquema. Aí leio que eles foram proibidos de conversar. Putz… perdeu a graça. Não queria mais ser a mosca.

O saladão da corrupção

Roubaram bonito os cofres públicos de São Paulo, a capital. E agora é aquela nada afinal é fogo amigo briga entre aliados. Kassab diz que não foi ele quem indiciou os ladrões. O Haddad atingiu em cheio um aliado. Agora um colaborador do próprio Haddad é citado por ter recebido uma graninha básica de 200 mil reais. Haddad já veio em defesa do colaborador que garantiu que não recebeu nada. E ia revelar? Enfim criou-se um saladão da corrupção. As alianças políticas se estendem a roubalheira dos cofres públicos. Mas logo passa… todos estarão rindo tomando um uisquezinho…

Lenda urbana

Já encheu os tubos ouvir histórias (ou seriam estórias) de empresas que se dizem prejudicadas em licitações públicas, em qualquer esfera. Já ouvi até de conversas pré licitação onde receberam a “oferta” de 30% (credo, da escola do PC Farias!!) para a empresa não ser desabilitada no processo de documentação (que ousados!!). As pessoas que se dizem prejudicadas gostam de espalhar o ocorrido, o suposto ocorrida, mas esquecem de ferrar os corruptores armando uma arapuca fatal. Aliás, conversa antes do processo licitatório já é uma coisa estranha, tipo carroça na frente dos bois. Acaba como lenda urbana. Tenho um saco cheio delas em minha parca memória. Não levo muito a sério, embora não desacredite.