Arquivo da tag: Educação

Onde aperta o calo

Enquanto o Movimento Salva a Rainha bomba na net e não decola ao vivo e a cores, alunos e professores do João Goulart realizaram manifestação com mais de 350 cabeças para protestar contra a insensibilidade do sr. Colombo que quer diminuir o número de turmas e fazer super lotação nas salas de aula como se fosse um super intensivo de vestibular. Ou está confundindo escola com presídio. Quem sabe?

Manifestação pública: convocação

Está confirmadíssimo para amanhã (sexta) no início da noite a manifestação pública pró vinda do Departamentos de Belas Artes da UFSC para BC. Será no ginásio de esportes do João Goulart. Todos lá, hein? Será um ganho sem precedentes para a nossa cidade. A luta é nobre, então, envolvam-se. Nota do editor: políticos em campanha que pretendam aparecer por lá, por favor, sejam discretos. Sem demagogias,, certo?

Belas Artes da UFSC e o Conselho da Cidade

Já é alguma coisa. Vamo que vamo. Próximo passo é, como diz o Eduardo Hora, “tomar o presídio de assalto”. Antes que nossas autoridades coloquem abaixo. Estão circulando abaixo assinados em defesa da criação do Depto de Belas Artes da UFSC em BC. Participe. Assine:

O CONSELHO DA CIDADE, em Reunião Extraordinária, nesta data, tendo  ouvido aComunidade , reconhecendo a necessidade  e prevendo  os  benefícios sociais, científicos, culturais e econômicos, aprovou e solicita à UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA –UFSC  e  ao   MEC  –  MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO , a criação  e  implantação  de um  CAMPUS  FEDERAL  com um  CENTRO  de  BELAS   ARTES   , tendo  Cursos Superiores  de Bacharelado,  Presenciais,  permanentes  e gratuitos em  Balneário Camboriú  – S C.  Graduações  solicitadas :  Artes Visuais  ,  Artes Cênicas, Audiovisual ( Cinema-TV-Rádio) ,  Música  ,  Moda  ,  Design  ,  Arquitetura e Urbanismo , Museologia, Literatura , Jornalismo.
Fatos :
 – Este trabalho pela Universidade  Gratuita na região , baseado em movimento popular vem desde2002, com dezenas de Documentos enviados para as Instituições e  Autoridades Constituídas.
–   Abaixo-Assinado encaminhado às Autoridades tomado entre 2002-2005  com   10.700 Assinaturas .
–  Concordância do MEC em implantar graduações superiores no antigo Colégio Agrícola de Camboriú, ( que pertencia  à  UFSC ),  o que não teve a concordância da UFSC,  em 2005.
                                           Este Conselho da Cidade ,  solicita então que :
1 – A  UFSC   ou  o  MEC   crie  um  Grupo de Trabalho  para elaborar  o Projeto de Viabilidade Inicial.
2 – As Autoridades e as Lideranças Políticas Municipais, Estaduais e Federais,trabalhem para viabilização deste pleito da sociedade.
3  –  A força  da Imprensa e da Mídia em geral para divulgação deste Documento  e  apoio ao  trabalho.
Justificativa
 –  A Região da Foz do Rio Itajaí com mais de 500.000 pessoas não tem nenhum Curso Superior de Universidade Federal assim como todo o Vale do Itajaí, uma tremenda necessidade.
– Balneário Camboriú é o centro da mais importante região turística do Sul do Brasil, mas não tem uma estrutura importante e qualificada na Cultura e Arte para oferecer para a população regional  e turistas.  Um Centro Federal de Belas Artes qualificado funcionará como uma alavanca poderosa para atrair  pessoas e recursos econômicos futuros,  como acontece em toda a Europa há séculos.
– O Brasil vencida a primeira batalha pela alimentação e moradia – que muito evoluiu na última década , quando grandes contingentes populacionais estão atingindo uma melhor qualidade de vida – necessita saciar a fome da população pela Cultura e Arte como um requisito fundamental paramanutenção do desenvolvimento, qualificando a comunicação, e tendo a Arte como  instrumento fundamental para o ser humano  viver melhor.                                                                        
                            André Ritzmann – Presidente

Qual é o teu mundo Nelcy?

Ouvindo hoje da dupla dinãmica, Gilberto Lusshhh e Robson, ouço algo a respeito da venda de salgados e pizza numa das escolas da rede municipal. O secretario de educação não sabia disso, e teria meio que sugerido algo como, prove a denúncia. Aí liga uma mãe de aluno e delata: Caic Ayrton Senna. Que coisa não? O Nelcy não sabe das coisas que acontecem nas escolas sob sua responsabilidade? As diretoras não sabem? Ainda se fossem drogas que é algo proibido e vendido escondidinho, mas pizza? A impressão que dá é que há anuência da direção da escola e da secretaria. Tipo, vai levando, não tem? Se sair na imprensa a gente diz que não sabe de nada e manda tirar. Ah.. essas pizzas, sempre presentes na vida dos políticos.

BC também vai ganhar uma escola do estado com dinheiro federal

Quem esclarece é o secretário da secretaria regional Fabrício de Oliveira. Segundo ele, só detalhes de documentação impediram de anunciar a escola que será construída no Bairro das Nações. Se a prefeitura arrumar rapidinho a documentação leva a escola. E aí rapaziada! Nelcy, pede uma audiência com o prefeito! É ano de eleição! Depois se discute que é o pai da criança…

BC tá fora

Acabo de receber notícia oficial sobre a construção de quatro escolas estaduais com grana federal. Três em Itajaí e uma em Navegantes. BC ficou de fora. Não tem uma verbinha federal prá praças e passagens elevadas para substituir os pisos que estão esfarelando? Político adora assinar convênios, contratos, essas porras todas. Se reunem numa sala, abrem um sorriso lindo e expontâneo, posam para as fotos e vira notícia. Eles se lambuzam com este tipo de coisa.

Era só o que faltava

Nota oficial emitida pela Secretaria de educação do estada e repassada pela Secretária Regional: “O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SED), comunica que este ano não será concedido aos alunos da rede pública estadual de ensino o uniforme escolar. Além de não ser obrigatório e nem todos alunos usarem, o valor que seria investido na compra dos uniformes foi remanejado (repassado) para o pagamento do piso salarial dos professores. Qualquer mudança poderá ser analisa para o orçamento do ano que vem. Uma das alternativas em estudo é que cada escola tenha seu próprio uniforme envolvendo a comunidade desde a criação até a confecção. # # #Pronto, era o que faltava, as escolas assumirem a aquisição dos uniformes. É muita cara de pau. Porque o governador não informa para a população o gasto anual consumido por cada secretaria regional? Com certeza, sem as secretarias, os uniformes poderiam ser bancados.

Do Marcelo, sobre os uniformes do padreco

“É lamentável e irresponsável a atitude do governo do Estado de jogar a responsabilidade do não fornecimento de uniformes aos alunos da rede estadual de educação sobre o aumento de salário dos professores. A leitura que faço é que o governo está querendo jogar a população contra os professores, os quais também fazem parte da população, ou seja, jogando o povo contra o povo e tentando eles, os políticos, sair de bonzinhos ou de coitadinhos desta história. Chega de desculpas, a população catarinense está cansada e quer soluções para seus problemas. Isso não é novidade. No ano passado, o meu irmão não ganhou, tivemos que comprar. Sem novidades: é sempre os menos favorecidos que pagam o pato. Acaba com os cabides de emprego que são as SDRs daí sim vai sobrar recursos para fornecer os uniformes ao alunos!!!Qual vai ser o posicionamento do Secretário Regional? Quando município atrasou a entrega dos uniformes pq teve problemas na licitação o atual Secretario Regional criticou administração pela demora na entrega dos uniformes , será que agora terá mesma postura em relação governo do estado?”

Do Herival, sobre o padreco de Lages

“Olha, no ano passado não foram só os uniformes que os alunos não receberam. Também não receberam desse governo, os ensinamentos correspondentes a metade do ano letivo de 2010, mas o governador das promessas bondosas de frade franciscano, depois das eleições, ligeirinho, primeiro tratou de trocar o seu desgastado uniforme ideológico, trocou o desbotado democrata liberal pelo vistoso socialismo democrático de vitrine”.
# # #
Ouvindo hoje o programa do Gilberto Lusshhh que repercutiu a notícia sobre os uniformes, os ouvintes cairam de pau, inclusive um professor da rede estadual. Vergoha pouca é bobagem. Te liga Colombo. Tá feio na foto, hein?